Top Ad

Compartilhar:

Tua Pedra....



Tu tens uma pedra...
Não o sabias?
Tens, repara.

Nas profundezas de ti mesmo, muito além da animalidade, na muralha da tua subconsciência, há uma pedra...
Tosca, fria, impassível, com a dureza do mármore mais rígido, com dureza característica da rocha ...
Mas... 

Tens uma pedra desconhecida e não a vês, não a percebes, não a sentis, não lhe experimentas os efeitos, e, contudo, vive ... vive na solidão dessa caverna, esperando o instante de ser lapidada.

Se podes passar a vida, essa efêmera trajetória, ignorando a sua existência, ela aguardará inutilmente que a tua visão interna a descubra na monotonia da sua espera...

Se a deixas ficar, não a despertas, não a lavras, permanecerá adormecida neste sono extático ... E quando não existires, quando deixares de ser, voltará ao montão de outras tantas pedras que ficaram no caminho, ao lado dos restos dos que fizeram como tu ...

Se, ao contrário, não queres que ela durma.

Se tentas despertá-la, porque, uma dor ou uma angústia mais profunda deu consciência a tua vida.

Se pretendes Mergulhar no íntimo de ti mesmo e consolar-te com as grandezas do teu espírito para enxugar internamente tantas e tantas lágrimas que não puderam secar no exterior.

Então ...
Suspira profundamente, desce ao recôndito ABRIGO de tuas causas internas e busca a tua pedra...

É tosca e imperfeita? ...

Pois faze por lapidá-la, procura facetá-la, porem ...

Age com todo o carinho, com todo AMOR...

NESSA PEDRA ESTÁ A ROSA, O TESOURO DA TUA PRÓPRIA ALMA.

Dr. Krumm Heller (do livro “Rosa Esotérica”)

Nenhum comentário

última Postagem

A chegada da Primavera

A chegada da Primavera  22h53 do dia 22 de setembro de 2018 Aula Lucis Central - Sede da FRA RJ Os R+C chamam a natureza de Mãe N...